Você não tem permissão para ver essa notícia

Estratégia de recuperação de negócios

Pesquisa da KPMG analisa a maturidade de um plano de continuidade de negócios em empresas brasileiras.

ilustração de engrenagens com uma bússola

18 de janeiro de 2022


Em um mundo marcado pela interconectividade e pela mudança constante, antecipar riscos e estabelecer protocolos de recuperação é essencial para a resiliência dos negócios. Em sua 1ª edição, a Pesquisa da Maturidade dos Planos de Continuidade de Negócios no Brasil, elaborada pela KPMG, coletou respostas com empresas de diversos segmentos para compreender como as organizações brasileiras estão se preparando para lidar com a materialização de ameaças aos seus negócios.

Conduzida entre os meses de maio e julho de 2021, a pesquisa identificou que 57% dos respondentes reconhecem a importância, a necessidade e o valor agregado de um Plano de Continuidade de Negócios. No entanto apenas 27% dessas organizações afirmaram dispor de um plano estruturado, o que sugere um preparo ainda inicial para resposta a crises e outros eventos adversos.

Na opinião dos respondentes, a recuperação eficiente com o menor dano possível é o principal benefício da implementação de um Plano de Continuidade de Negócios. Quanto aos desafios, a ausência de uma cultura em gestão de riscos e crises foi apontada como a maior barreira.

Quer saber mais detalhes? Acesse a íntegra da pesquisa aqui.

()