Você não tem permissão para ver essa notícia

Custos econômicos das mudanças climáticas

Estudo da KPMG destaca os desafios e as perspectivas das economias globais na jornada sustentável do pós-pandemia.

cidade a beira mar vista do alto

22 de dezembro de 2021


O mundo dos negócios emerge da pandemia cada vez mais focado na crise climática. Com o atual cenário marcado pela incerteza inflacionária e pela desigualdade na retomada das economias globais, prever o que vem pela frente nunca foi tão difícil. Ainda assim, é crucial identificar os riscos potenciais e as oportunidades futuras.

Esses e outros insights fazem parte do estudo Global Economic Outlook, que faz um mapeamento da retomada pós-pandemia em 2021, focando em diferentes regiões do planeta, incluindo o Brasil. No capítulo brasileiro, o estudo destaca o impacto da vacinação no aumento do consumo das famílias, mas considera a ameaça inflacionária como o principal obstáculo à retomada econômica sustentada.

Em nível global, o relatório repercute os resultados da COP26, chamando a atenção para o progressivo aumento da temperatura global e seus impactos sobre a incidência de desastres naturais e os principais fundamentos da economia. A janela de oportunidades está se encerrando, e é preciso, com urgência, enfrentar os desafios de política pública e financiamento para assegurar uma transição sustentável.

Para conferir esses e outros insights, acesse a íntegra do estudo aqui!

()