Você não tem permissão para ver essa notícia

IGH - Infraestrutura, Governo e Healthcare

5G na saúde: menos custos, mais segurança cibernética

Nesta segunda parte da webserie com CEO da UMC Tecnologia, conheça os benefícios da quinta geração de redes.

28 de outubro de 2021

Na segunda parte do bate-papo sobre 5G entre Wladimir Rezende, CEO da UMC Tecnologia na Health Eurolatino, Marcio Kanamaru, sócio-líder de Tecnologia, Mídia e Telecomunicações da KPMG no Brasil e na América do Sul, e Sheila Mittelstaedt, sócia-diretora de Healthcare e LifeSciences da KPMG no Brasil, os especialistas compartilham insights relacionados aos cuidados e benefícios da implementação da tecnologia 5G na setor de saúde no Brasil.

Na visão do executivo do Eurolatino, apostar na quinta geração de redes móveis é uma grande oportunidade para reduzir os custos da empresa. “O que nós temos certeza é que temos condições de fazer uma grande economia”, conta Wladimir.

Isso porque, segundo ele, propiciar mais qualidade de vida e melhor desfecho clínico para os pacientes evita complicações em seus casos.

O CEO também comenta sobre as medidas que serão executadas para reforçar a segurança cibernética, de forma que o uso da tecnologia não comprometa a privacidade dos pacientes que a utilizam.

Assista à segunda parte desta conversa:

Reveja a parte 1 desse bate-papo aqui:
A conexão do 5G na Saúde

()

Este site utiliza cookies para proporcionar a funcionalidade necessária e aprimorar sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar pelo site, você concorda com a utilização de cookies conforme descrito na declaração de privacidade on-line da KPMG. Você tem o direito de acessar seus dados pessoais para que sejam modificados, corrigidos ou excluídos. Para isso, você deve entrar em contato com privacidade@kpmg.com.br.