Você não tem permissão para ver essa notícia

Agronegócio

AgTechs: investimento em tecnologia no agronegócio

Estudo do Distrito analisa o setor e as startups ligadas ao agro.

19 de outubro de 2021
distrito agtech report

Atualmente, o agronegócio é capaz de produzir alimento excedente. Muitos países, porém, enfrentam a desnutrição. A esse desafio somam-se as demandas da sociedade, que exige alimentos saudáveis e uma produção agropecuária mais sustentável e eficiente.

Para responder a essas necessidades, o setor tem investido massivamente em inovação e tecnologia, desde a digitalização até a implementação da biotecnologia. É o que aponta o AgTech Mining Report 2021, realizado pelo hub de inovação Distrito.

Segundo o estudo, que analisa o agronegócio e as AgTechs do país, entre os principais impulsionadores de investimento em tecnologia estão as questões ligadas à sustentabilidade.

De acordo com a análise, 26% das emissões de gases do efeito estufa são provenientes da agropecuária, e 70% da água do planeta é utilizada pelo agronegócio. Preocupado com esses dados, o agronegócio busca alternativas sustentáveis por meio da inovação. Só no Brasil, são 293 AgTechs.

Para conferir o estudo completo, clique aqui.

()

Este site utiliza cookies para proporcionar a funcionalidade necessária e aprimorar sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar pelo site, você concorda com a utilização de cookies conforme descrito na declaração de privacidade on-line da KPMG. Você tem o direito de acessar seus dados pessoais para que sejam modificados, corrigidos ou excluídos. Para isso, você deve entrar em contato com privacidade@kpmg.com.br.