Você não tem permissão para ver essa notícia

O presente e o futuro da mobilidade

KPMG, AutoData e SAE desenvolveram uma importante pesquisa sobre as mudanças no cenário da mobilidade.

homem olhando pela janela uma cidade iluminada a noite

15 de setembro de 2021


Quais são as prioridades de investimento do setor automotivo? Como a transformação digital vem impactando as mudanças? E qual é a real relevância da experiência do cliente? As respostas para estas, e outras perguntas, são destaques na nova Pesquisa SAE Mobilidade – Edição 2021.

A pesquisa produzida pela parceria KPMG, AutoData e SAE capturou insights a partir de um levantamento feito com 942 participantes entre maio e junho de 2021. Divididos em dois subgrupos: os que atuam diretamente na indústria automotiva; e os que são consumidores de veículos, os participantes contribuíram para construir um panorama atualizado sobre o presente e o futuro do setor.

Segundo os respondentes que atuam na indústria automotiva, o modelo atual de negócios mudará radicalmente no Brasil nos próximos 10 anos. “O fato de a maioria dos profissionais novamente concordar que há uma mudança radical no modelo de negócios à frente, repetindo o que foi observado na pesquisa de 2019, demonstra a maturidade desta visão no setor automotivo nacional”, comenta Ricardo Bacellar, líder do setor de Industrial Markets e Automotivo da KPMG no Brasil.

O conceito de Indústria 4.0 compõe a agenda de prioridades nessa jornada de transformação. Assim como a adoção das tecnologias: Inteligência Artificial, Cyber Security, Big Data e Analytics.

Serviços de conectividade e de carros por assinatura são ofertas positivas que já ganham a atenção dos consumidores brasileiros. A publicação indica que o conceito de “carro conectado” representa uma necessidade dos compradores.

Acesse o estudo completo, clique aqui.

()