Você não tem permissão para ver essa notícia

Gestão estratégica e riscos no setor de energia

Pesquisa aponta importância de planejamento estratégico no setor e riscos no futuro.

moinhos de energia eólica em um campo ao por do sol

25 de agosto de 2021


Com os aspectos ESG em pauta, os riscos climáticos estão cada vez mais presentes nas agendas das lideranças. Para o setor de energia não é diferente, a discussão se faz ainda mais urgente quando se pensa em definir estratégias para consumo sustentável no longo prazo.

Com o objetivo de apoiar as lideranças das empresas do setor no planejamento dessas estratégias, a KPMG, em parceria com o Conselho Empresarial Mundial para o Desenvolvimento Sustentável (WBCSD), elaborou o estudo An enhanced assessment of risks impacting the energy system (Uma avaliação aprimorada dos riscos que afetam o sistema de energia).

A pesquisa revela que o setor de energia enfrenta diversos desafios e riscos com a mudança do cenário ESG e com a evolução dos modelos de negócio. Fazer a transição de sistemas de produção e consumo de energia fundamentada em fósseis para fontes renováveis torna-se essencial, assim como estruturar a otimização do desempenho do sistema e coordenar as respostas aos riscos.

Em “Uma avaliação aprimorada dos riscos que afetam o sistema de energia”, também é destacado que, após a transição dos sistemas de produção e consumo, os players do setor necessitam mostrar como a operação seguirá eficaz, em paralelo à segurança do fornecimento, à redução das emissões de carbono e à acessibilidade econômica.

Para conferir o estudo completo, clique aqui.

()