Você não tem permissão para ver essa notícia

Propósito corporativo: uma perspectiva dos Conselhos de Administração

Evento internacional do ACI Institute, da KPMG, destaca a pauta ESG como uma das prioridades na agenda de estratégias da Alta Administração das companhias.

mãos de pessoas montando um quebra cabeça visto de cima

27 de julho de 2021


A pandemia de Covid-19 tornou o ambiente de negócios ainda mais complexo e impôs novos desafios aos Conselhos de Administração. Para debater os novos caminhos rumo à retomada em um cenário ainda incerto e em constante transformação, assim como a responsabilidade e o papel dos conselheiros nesse processo, a rede global do ACI Institute, em conjunto com o Board Leadership Center da KPMG, promoveu, em 28 de junho, um evento internacional inédito, conectando conselheiros vinculados aos ACIs ao redor do mundo.

Participaram do debate: João Carlos Brega, presidente da Whirlpool na América Latina e conselheiro de administração da São Martinho; Paul Polman, ex-CEO da Unilever e cofundador e presidente da IMAGINE; Blythe McGarvie, conselheira de administração da LKQ Corporation, Apple Hospitality, Sonoco Products e Wawa; e Bill Thomas, chairman global e CEO da KPMG International.

Os convidados analisaram como o cenário atual está exigindo que as empresas reformulem a maneira como estabelecem suas estruturas de governança, ao migrarem de um modelo de Responsabilidade Social Corporativa para Corporações Responsáveis Socialmente. O evento também discorreu sobre como a pandemia contribuiu para tornar mais evidente o ativismo dos stakeholders, as demandas ESG e a necessidade permanente de criação de valor a longo prazo.

Na visão dos executivos, a crise sanitária destacou, ainda mais, as desigualdades socioeconômicas e a finitude dos recursos naturais.

Leia os detalhes desse debate na publicação Building Back Better: Uma perspectiva do Conselho de Administração, disponibilizada pelo ACI Institute Brasil. Clique aqui.

()