Você não tem permissão para ver essa notícia

Serviços Financeiros

O universo das fintechs brasileiras

Estudo do hub de inovação Distrito faz um mapeamento startups de serviços financeiros.

19 de julho de 2021
distrito fintech mining report

O Brasil tem se tornado um ecossistema de referência em tecnologias focadas em serviços financeiros. As fintechs se destacam ao modernizar o setor, oferecendo novos produtos, serviços e experiências aos consumidores. Grande parte dessa oferta é acessível a uma parcela considerável da população.

A análise faz parte do Distrito Fintech Report 2021, o novo estudo lançado pelo hub de inovação Distrito. O estudo mapeou o universo das fintechs brasileiras, apresentando seus principais números e tendências para o setor. Foram analisadas 1.158 startups financeiras. A maior parte delas – 72,3% – tem sede na Região Sudeste, refletindo a concentração do mercado financeiro brasileiro.

A localização geográfica não limita, porém, a abrangência de sua atuação, uma vez que as fintechs estão proporcionando inclusão financeira em escala nacional.

Diversidade de soluções

De acordo com o estudo, o ecossistema brasileiro de fintechs é um dos mais diversos e bem-sucedidos, com muitas empresas consolidadas atuando em frentes como meios de pagamento, crédito e soluções de backoffice. A maioria – aproximadamente 60% do total – são empresas relativamente jovens, tendo sido fundadas a partir de 2016. Uma das tendências observadas é a atuação em nichos.

O foco em necessidades financeiras específicas de alguns setores é uma das práticas de sucesso nesse universo, gerando fintechs com expertise B2B e B2C, voltadas para empresas e consumidores de setores como agronegócio, imobiliário, saúde, energia e sustentabilidade.

O estudo considera, ainda, que o investimento nas fintechs pode ser estratégico para aliviar a crise provocada pela Covid-19, uma vez que elas barateiam o custo e expandem o acesso aos serviços financeiros, colaborando, assim, para a retomada da atividade econômica.

Clique aqui e acesse o estudo na íntegra.

()

Este site utiliza cookies para proporcionar a funcionalidade necessária e aprimorar sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar pelo site, você concorda com a utilização de cookies conforme descrito na declaração de privacidade on-line da KPMG. Você tem o direito de acessar seus dados pessoais para que sejam modificados, corrigidos ou excluídos. Para isso, você deve entrar em contato com privacidade@kpmg.com.br.