Você não tem permissão para ver essa notícia

Private Enterprise

Startups e a Inteligência Artificial

Relatório do Distrito apresenta funções e setores atendidos pela tecnologia.

7 de abril de 2021
na imagem, uma mão de robo toca a mão de um ser humano

Em um cenário de rápidas transformações tecnológicas, a Inteligência Artificial tem ganhado cada vez mais espaço dentro das corporações. O número de startups que oferecem a IA como produto ou serviço é grande, mas muito em breve essa tecnologia será comum em qualquer empresa, assim como a internet.

Essas são conclusões do relatório Distrito Inteligência Artificial 2021, que tem como objetivo auxiliar empresas e clientes a reconhecerem o impacto das possibilidades que essa tecnologia traz para a economia e o seu cotidiano.

 Um dos potenciais da Inteligência Artificial é permitir que atividades realizadas por humanos sejam substituídas por máquinas, que executam o trabalho com mais eficiência e velocidade. Dessa forma, os profissionais podem se dedicar a tarefas de maior valor com o objetivo de reduzir riscos, gerando mais lucratividade.

A pesquisa divide a IA em quatro diferentes capacidades: machine learning, deep learning, processamento natural de linguagem e visão computacional. Elas podem ser aplicadas a diferentes tipos de dados e setores da economia, como: Serviços Financeiros, Educação, Agricultura, Compliance, entre outros.

Para conhecer mais sobre o assunto e entender melhor as aplicações da IA nos negócios, clique aqui e acesse o relatório Distrito Inteligência Artificial 2021.

()

Este site utiliza cookies para proporcionar a funcionalidade necessária e aprimorar sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar pelo site, você concorda com a utilização de cookies conforme descrito na declaração de privacidade on-line da KPMG. Você tem o direito de acessar seus dados pessoais para que sejam modificados, corrigidos ou excluídos. Para isso, você deve entrar em contato com privacidade@kpmg.com.br.