Você não tem permissão para ver essa notícia

ACI

Principais riscos emergentes para 2021

Confira a nova edição dos Top Emerging Risks, produzida pelo ACI Institute Brasil e Board Leadership Center da KPMG.

11 de janeiro de 2021
uma boia salva vidas flutuando no oceano

Diante de um cenário sem precedentes, as empresas precisaram tomar decisões rápidas em 2020 para enfrentar os desafios impostos pela pandemia. Os reflexos da crise acompanharão os negócios em 2021, e conhecer os principais riscos que devem emergir ao logo do ano é essencial para direcionar a estratégia.

A terceira edição da publicação Top Emerging Risks, elaborada pelo ACI Institute Brasil e o Board Leadership Center da KPMG, analisa os principais riscos emergentes que devem estar no radar da alta administração das companhias ao longo de 2021. Os possíveis riscos a partir dos impactos da Covid-19, das disputas geopolíticas, do avanço do uso da inteligência artificial e do crescente uso de dados no mercado são alguns dos fatores em destaque.

A publicação ressalta, também, a necessidade de integrar as questões de ESG à cultura, aos valores, ao planejamento e à administração da empresa a partir de uma abordagem holística. Sem uma estrutura de governança corporativa adequada, as empresas podem enfrentar desafios para incluir os princípios ambientais e sociais nos negócios.

Os riscos também podem emergir a partir da inovação e desenvolvimento tecnológico. As constantes disrupções tecnológicas ampliaram o uso de dados e ferramentas de inteligência artificial e, apesar dos benefícios, é preciso estar atento para o tratamento correto dos dados.

Nesse contexto, a adequação à Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) é complexa e deve ser um ponto de atenção para as organizações. Além dos riscos regulatórios, os consumidores já se mostram preocupados com a capacidade das empresas de manter seus dados seguros e buscam serviços que ofereçam confiança.

Questões geopolíticas e investimentos em 5G, Data-driven Market, Pix e Open Banking, os efeitos da Covid-19 nas demonstrações financeiras, fraudes e reforma tributária estão entre os riscos elencados pela publicação. A apuração contou com diversas discussões, debates e entrevistas de membros de Conselhos de Administração, Conselhos Fiscais, Comitês de Auditoria e especialistas da KPMG em diferentes temas e setores do mercado.

Para conferir todos os insights, clique aqui.

()

Este site utiliza cookies para proporcionar a funcionalidade necessária e aprimorar sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar pelo site, você concorda com a utilização de cookies conforme descrito na declaração de privacidade on-line da KPMG. Você tem o direito de acessar seus dados pessoais para que sejam modificados, corrigidos ou excluídos. Para isso, você deve entrar em contato com privacidade@kpmg.com.br.