Você não tem permissão para ver essa notícia

Mercados Industriais

Retomada para o mercado de autopeças

Pesquisa da KPMG analisa efeitos da Covid-19 no setor automotivo.

14 de janeiro de 2021
Imagem da roda de um carro

O setor automotivo dos Estados Unidos registrou uma queda significativa na demanda por peças de reposição em automóveis. A redução da locomoção das pessoas durante 2020, como medida de prevenção para conter a pandemia da Covid-19, resultou em menos quilômetros percorridos e, assim, menor necessidade de consertos dos veículos.

O mercado de autopeças e serviços de reposição abrange todos os sistemas dos veículos (transmissão, resfriamento, escapamento, direção, suspensão, freios, entre outros) e representa mais de 50% dos lucros de muitas montadoras, como aponta o estudo publicado pela KPMG “As vendas de autopeças paralisaram com a pandemia, mas espera-se uma retomada”.

A publicação foi conduzida a partir de dados do mercado norte-americano e traz uma perspectiva importante. Apesar da diminuição nas atividades do setor de autopeças, a baixa demanda pode ter curta duração e caminhar para a retomada econômica.

Uma porcentagem expressiva dos veículos adquiridos nos últimos anos logo atingirá a necessidade de reparos e consertos, impactando diretamente a demanda por novas peças e serviços de pós-venda.

As tendências observadas no estudo indicam que a retomada deve começar em 2022 e vai recuperar altos níveis até 2024. Em um caminho de desafios e oportunidades, as empresas precisarão encontrar o equilíbrio entre a necessidade de conter custos no cenário atual e de manter um olhar estratégico para atender à retomada no futuro.

Acesse o estudo completo clicando aqui.

()

Este site utiliza cookies para proporcionar a funcionalidade necessária e aprimorar sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar pelo site, você concorda com a utilização de cookies conforme descrito na declaração de privacidade on-line da KPMG. Você tem o direito de acessar seus dados pessoais para que sejam modificados, corrigidos ou excluídos. Para isso, você deve entrar em contato com privacidade@kpmg.com.br.