Você não tem permissão para ver essa notícia

Transparência gera valor

KPMG participa da entrega de prêmios do Troféu Transparência 2020.

logo troféu transparência 2020

10 de dezembro de 2020


A transparência deixou de ser um diferencial no mercado para se tornar uma exigência que gera valor para as empresas. E para reforçar esse conceito, o tema “Transparência gera valor” guiou o 24º Troféu Transparência, realizado pela Associação Nacional dos Executivos de Finanças (ANEFAC) no dia 26 de novembro.

O formato tradicional desta edição de 2020 foi adaptado para atender às necessidades de distanciamento impostas pela pandemia. Com isso, o evento aconteceu de forma online.

O incentivo às práticas transparentes foi o principal foco da premiação. Nesta nova realidade, a transparência será fundamental para construir caminhos e sustentar negócios em longo prazo, assim como perceber as transformações do mercado e buscar gerar valor mesmo com os desafios.

“Esta premiação representa um reconhecimento público do compromisso das empresas ganhadoras em prover transparência ao mercado de capitais, através do incentivo a divulgações de demonstrações financeiras de forma clara e tempestiva”, explica Jean Paraskevopoulos, sócio-líder de Clients & Markets da KPMG no Brasil.

A KPMG acredita na importância da prática, auxilia empresas a construir negócios cada vez mais transparentes e apoia a premiação. “A iniciativa promovida pela ANEFAC está diretamente relacionada ao nosso propósito de inspirar confiança e empoderar a mudança”, destaca o sócio. Além de ser uma das patrocinadoras oficiais do Troféu Transparência 2020, a KPMG participou da entrega dos prêmios nesta edição.

Conheça as empresas premiadas na 24ª edição do Troféu Transparência:

Empresas com receita líquida até R$ 8 bilhões

- AES Tietê
- Algar Telecom
- B2W
- B3
- Biosev
- Hering
- Grupo Fleury
- ISA CTEEP
- M. Dias Branco
- Mahle
- Marcopolo
- Randon*
- Riachuelo Guararapes
- Sanepar
- SLC Agrícola

Empresas com receita líquida acima de R$ 8 bilhões

- CEMIG
- EDP
- Embraer
- Engie
- Petrobras
- RD Raia Drogasil*
- Renner*

- SABESP
- Vale
- Vivo




*Prêmios entregues pela KPMG.

Critérios de seleção
As empresas mais transparentes do Brasil foram escolhidas entre mais de 2 mil demonstrações financeiras analisadas. A seleção é realizada pelos alunos dos cursos de mestrado e doutorado da FEA/USP/FIPECAFI, que analisam requisitos técnicos para cada categoria.

Os critérios para a análise são: a qualidade e o grau das informações contidas nas demonstrações e notas explicativas, a transparência das informações prestadas, a qualidade e consistência do relatório de administração e a aderência aos princípios contábeis no exercício de 2019.

Criado em 1997, o Troféu Transparência reconhece as companhias que possuem as melhores práticas de transparência em informações contábeis, publicadas em suas demonstrações financeiras.

ANEFAC
Além do prêmio Troféu Transparência, a ANEFAC é responsável por promover o desenvolvimento dos profissionais das áreas de finanças, administração e contabilidade. A associação também cria ambientes de debate para troca de experiência, reconhece os executivos de destaque e incentiva a pesquisa e atualização constante.

 

()