Você não tem permissão para ver essa notícia

Tecnologia, Mídia e Telecomunicações

Novembro Azul e ações nos esportes

Confira o KPMG Live com a participação do médico Marcos André e do sócio Francisco Clemente.

27 de novembro de 2020
Franceli, Francisco, Marcos, Jean

Em 2003, alguns amigos australianos decidiram deixar o bigode crescer como forma de chamar a atenção para a saúde masculina. O grupo formou uma organização sem fins lucrativos para arrecadar fundos para pesquisas do tratamento do câncer de próstata. A iniciativa inspirou outros países e, no Brasil, a campanha de conscientização ganhou o nome Novembro Azul, o mês foi escolhido por conta do Dia Mundial do Combate ao Câncer de Próstata, comemorado em 17 de novembro.

“Uma doença complexa e desafiadora, o câncer de próstata é o mais comum entre os homens. O Instituto Nacional do Câncer estima que 65 mil sejam diagnosticados anualmente com a doença no Brasil”, explicou Marcos André, oncologista no Hospital Alemão Oswaldo Cruz, durante o último KPMG Live.

O programa de entrevistas da KPMG foi realizado em 26 de novembro com apresentação de Jean Paraskevopoulos, sócio-líder de Clients & Markets, e Franceli Jodas, sócia-líder de Power & Utilities da KPMG no Brasil.

O oncologista destacou a importância da campanha para a conscientização. Para ele, o mês contribui para o rastreamento da doença, e um diagnóstico precoce pode transformar as chances de sucesso no tratamento. É necessário realizar os exames de dosagem de PSA e toque retal de forma combinada para identificar qualquer alteração na próstata.

O KPMG Live também recebeu o sócio-líder de Mídia e Esportes da KPMG no Brasil, Francisco Clemente. Ele complementou o tema lembrando que existem diversos esportes que podem contribuir para a prevenção do câncer.

Como os homens têm uma conexão com o esporte, diversas marcas compreendem a importância do Novembro Azul e usam o espaço de referência para transmitir uma mensagem de conscientização e prevenção para o público.

Clemente também apresentou a área de Mídia e Esportes da KPMG, contando um pouco dos projetos realizados no setor. A KPMG tem uma metodologia específica para assessorar esportes, um dos exemplos é o trabalho com clubes de futebol, onde a área cria projetos de captação de recursos para transformar o cenário financeiro dos clientes.

Confira o programa na íntegra:

Dados do câncer de próstata

A maioria dos casos no mundo ocorre a partir dos 65 anos.

Homens com mais de 55 anos, com excesso de peso e obesidade, estão mais propensos à doença.

65.840 é o número estimado se novos casos para 2020, de acordo com o Instituto Nacional do Câncer.

Os sintomas mais comuns são dificuldade de urinar, diminuição do jato de urina, sangue na urina.

As chances de tratamento aumentam com a detecção precoce do câncer.

Leia também:
Câncer de próstata
Fonte: INCA

()

Este site utiliza cookies para proporcionar a funcionalidade necessária e aprimorar sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar pelo site, você concorda com a utilização de cookies conforme descrito na declaração de privacidade on-line da KPMG. Você tem o direito de acessar seus dados pessoais para que sejam modificados, corrigidos ou excluídos. Para isso, você deve entrar em contato com privacidade@kpmg.com.br.