Você não tem permissão para ver essa notícia

Inovação e estratégia regulatória

Estudo da KPMG analisa disrupção, oportunidades e desafios da regulação.

três mulheres e um homem sentados a mesa em volta de um telefone de conferência, todos vestem roupas sociais

15 de dezembro de 2020


A transformação digital impacta cada vez mais as relações da sociedade e do mercado, oferecendo um caminho de possibilidades sem fronteiras para a inovação. Ao ampliar o horizonte de criação e disrupção, a regulação ganha ainda mais destaque como fator determinante para o sucesso dos negócios.

A regulação é fundamental para a análise dos efeitos do mundo digital no cenário atual, e sua relevância estratégica compõe a agenda de conselheiros, presidentes e líderes.

O estudo Inovação e Estratégia Regulatória | RegTech 2020, primeiro de uma série de três estudos produzidos pela KPMG, compartilha uma nova perspectiva sobre a disrupção tecnológica no setor.

O estudo mapeou 309 startups de tecnologia no Brasil que atuam diretamente com inovação para o setor regulatório. Chamadas de RegTechs, essas startups oferecem soluções para ajudar empresas a se adequar às mudanças no ambiente regulatório (leis, regulamentos e outras normas), a trazer inteligência para a gestão regulatória, e até mesmo a monitorar movimentos governamentais e de legisladores.

E esse mercado vem crescendo nos últimos anos. A pesquisa destaca um boom de novos negócios entre 2013 e 2017. Atualmente, a região sudeste concentra a maior parte das RegTechs, 66%, sendo que só o estado de São Paulo conta com 49% delas.

O estudo apresenta cases de RegTechs convidadas e compartilha o histórico de atuação de cada uma. Clique aqui e confira.

()