Você não tem permissão para ver essa notícia

Conselho de Administração: Prioridades para a agenda de 2020

Implicações tecnológicas e questões ambientais são alguns aspectos que determinarão o posicionamento da empresa.

Túnel do metrô

03 de fevereiro de 2020


Definir as prioridades na pauta dos Conselhos de Administração será algo particularmente desafiador em 2020. As implicações advindas das inovações tecnológicas e digitais; as crescentes demandas acerca de questões ambientais, sociais e de governança (ESG-Environmental, Social & Governance); um maior escrutínio sobre cultura corporativa e as expectativas dos investidores em relação ao comprometimento dos conselhos com a sua diversidade e desempenho de longo prazo. Todos estes aspectos são determinantes no posicionamento da empresa para o futuro. Soma-se a isso, fatores internos de cada empresa, o instável ambiente geopolítico - tensões comerciais crescentes, aumento da dívida, reformas importantes para aprovar, déficit das contas públicas, impasses políticos no Brasil, nos EUA e no Reino Unido. Este ano exigirá equilíbrio entre foco no curto prazo, agilidade, perspectivas e decisões de longo prazo.

Confira publicação na íntegra, clique aqui.

Nenhum ()