Você não tem permissão para ver essa notícia

Ascensão das Unicórnios

Número de startups com grande valor de mercado cresceu no Brasil.

Silhueta de homens e mulheres na frente de uma janela. Na frente deles, desenhos coloridos de gráficos

08 de abril de 2020


Ao atingir valor de mercado superior a US$ 1 bilhão, as startups de tecnologia de capital fechado entram na classificação Unicórnio. Essa definição surgiu em 2013 e, desde então, o número de empresas que fazem parte dessa lista está aumentando, inclusive no Brasil.

Para mapear todas as empresas brasileiras que atingiram essa marca, o Distrito, com apoio da KPMG, preparou o relatório Corrida de Unicórnios. O estudo traz um levantamento completo de todas as startups que compõem a lista nacional.

No mundo todo, 449 startups representam a raridade bilionária no mercado. O Brasil soma nove empresas e, em 2019, foi o terceiro país que mais produziu Unicórnios (cinco startups).

Para alcançar o valor estimado, são necessários investimentos expressivos, que auxiliam na rápida expansão dos negócios mesmo enquanto a empresa não lucra. Com avanços tecnológicos e o caminho já trilhado por startups que superaram essa marca, as empresas veem novas possibilidades de crescimento.

Além do mapeamento completo das startups Unicórnios brasileiras, o estudo apresenta as startups em ascensão que podem chegar a esse patamar e também as startups IPOgrifos, empresas bilionárias de capital aberto.

Confira o relatório completo Corrida dos Unicórnios e conheça os destaques do mercado.

Nenhum ()