Você não tem permissão para ver essa notícia

KPMG Live

Conheça os impactos psicológicos do Covid-19

KPMG Live conversou com psicóloga sobre o tema. Ouça a íntegra do programa.

30 de março de 2020
Imagem, dividida em quatro, mostra duas mulheres e dois homens, um em cada espaço da foto. Todos estão em pé, de roupa social e sorrindo.

Desde a descoberta do novo coronavírus (Covid-19), em dezembro de 2019, as autoridades governamentais de todo o mundo vêm agindo junto às organizações médicas para conter a velocidade de propagação do vírus.

Uma das medidas mais importantes nesse sentido foi a determinação da quarentena, reduzindo, com isso, os riscos de contágio. A nova medida alterou de forma drástica a rotina das pessoas, causando alguns impactos psicológicos.

Foi para discutir essas questões que a última edição do KPMG Live, realizada em 26 de março, recebeu a psicóloga e neuropsicóloga Marina von Zuben de Arruda Camargo. Além de associada à BMI (Blue Management Institute), Marina coordena, há 10 anos, o serviço de neuropsicologia do Ambulatório de Psicogeriatria do Hospital das Clínicas.

Em conversa com os apresentadores André Coutinho e Carlos Gatti, com a participação especial da sócia-líder de Human Capital, Luciene Magalhães, a psicóloga comentou que o isolamento pode agravar uma condição já estabelecida pelo cenário da pandemia, como preocupação, ansiedade, angústia e depressão.

Durante o bate-papo, Marina também abordou alguns sinais que podem denotar um quadro depressivo ou ansioso e que merecem atenção das pessoas. Ela encerrou o bloco com algumas dicas de autocuidado que podem ajudar nesta fase.

Confira esses e outros pontos na primeira parte do programa:

Resiliência

No segundo bloco, a convidada conversou sobre as mudanças na rotina e como as empresas podem apoiar seus profissionais nesse momento. Ela elogiou a criação de uma plataforma de apoio, pela KPMG, para que profissionais de saúde e psicólogos possam auxiliar os funcionários. "As pessoas precisam ser ouvidas, se sentirem amparadas e ter um espaço orientado, voltado para o cuidado, é um ponto importante", comenta. “As empresas que não puderem fazer esse tipo de ação, podem estimular o contato virtual", sugere.

A entrevistada também deu dicas de como conversar com as crianças sobre o assunto, como as pessoas podem se tornar resilientes neste momento e como as relações humanas passam a ser alteradas.

Ouça a última parte do programa a seguir:

O KPMG Live passa a ser semanal. O próximo programa acontecerá no dia 2 de abril, às 17h30. Acompanhe o App KPMG Brasil para saber, em breve, qual a programação.

Nenhum ()

Este site utiliza cookies para proporcionar a funcionalidade necessária e aprimorar sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar pelo site, você concorda com a utilização de cookies conforme descrito na declaração de privacidade on-line da KPMG. Você tem o direito de acessar seus dados pessoais para que sejam modificados, corrigidos ou excluídos. Para isso, você deve entrar em contato com privacidade@kpmg.com.br.