Você não tem permissão para ver essa notícia

Riscos setoriais em análise

Série traz a avaliação dos principais riscos existentes e emergentes. Confira!

Homem de terno e gravata segurando um tablet de onde saem linhas coloridas formando gráficos

27 de fevereiro de 2020


A área de Risk Consulting da KPMG e o ACI Institute acabam de lançar uma série de análises sobre os riscos dos principais setores da economia.

As publicações dividem os riscos entre os já existentes, que são aqueles conhecidos e monitorados pelas empresas, e os emergentes, que apontam possíveis impactos relacionados a situações de mudanças, por exemplo uma transformação tecnológica, novos comportamentos de consumo, entrada de novos concorrentes, entre outros. "São casos que estamos observando e que têm grande probabilidade de se materializar em curto ou médio prazo", pontua Sandro Silva, sócio de Risk Consulting da KPMG no Brasil.

As publicações são direcionadas, especialmente, para gestores, membros de Conselhos de Administração, comitês de auditoria e outros profissionais envolvidos em áreas de gestão de riscos, auditoria interna, compliance e governança. “É um material interessante de benchmarking, pois permite a comparação entre o que as indústrias têm como riscos de forma geral e o que a empresa tem como riscos específicos", afirma Sandro. "Esse comparativo ainda pode ajudar os gestores a avaliar eventuais riscos que não estejam sendo observados em suas empresas", complementa.

A seguir, você confere as análises dos setores automotivo, de educação e de energia e serviços públicos. Clique para acessar:

Setor automotivo

Setor educacional

Setor energético e de serviços públicos

Continue acompanhando o App KPMG Brasil para acessar, em breve, as análises de riscos de outros setores.

Nenhum ()