Você não tem permissão para ver essa notícia

Mercados Industriais

Para onde vai a indústria automotiva?

Venda de veículos não será mais a única fonte de receitas do setor em 10 anos.

25 de setembro de 2019
Chave de carro

O modelo tradicional de negócios da indústria automotiva deve ser revisto em 10 anos. Além da venda de veículos, deverão ser oferecidos serviços de mobilidade, como indica o capítulo brasileiro da Global Automotive Executive Survey, realizada pela KPMG no Brasil junto com a AutoData Editora.

A pesquisa mostra que, com a mudança no modelo de negócios, os indicadores de performance da indústria – hoje focados em volume de produção e de vendas – terão de ser repensados com foco nos serviços ofertados. Nessa jornada de transformação, as startups e as parcerias, em especial com universidades e centros de pesquisa, são aspectos importantes.

Outro ponto de destaque no estudo é o Rota 2030, que é muito divulgado na questão relativa à redução de emissões. A pesquisa indica que o programa precisa ser mais bem entendido por todos os elos da cadeia automotiva, em especial pelos fornecedores, podendo ajudar nos investimentos em pesquisa e desenvolvimento.

O capítulo brasileiro da Global Automotive Executive Survey reuniu as respostas de 256 executivos de diferentes elos da cadeia automotiva e 1.004 consumidores residentes em todas as regiões do Brasil.

Ricardo Bacellar
Ricardo Bacellar
Márcio Stéfani
Márcio Stéfani

Ricardo Bacellar, líder do setor Automotivo da KPMG no Brasil, e Márcio Stéfani, diretor da AutoData Editora, falam, neste podcast, sobre como está a percepção da indústria frente a essas mudanças.

Nenhum ()

Este site utiliza cookies para proporcionar a funcionalidade necessária e aprimorar sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar pelo site, você concorda com a utilização de cookies conforme descrito na declaração de privacidade on-line da KPMG. Você tem o direito de acessar seus dados pessoais para que sejam modificados, corrigidos ou excluídos. Para isso, você deve entrar em contato com privacidade@kpmg.com.br.