Você não tem permissão para ver essa notícia

Segurança cibernética ganha confiança

Investimentos em habilidades, cultura e novas soluções se destacam entre executivos.

varias pessoas conversando entre si

23 de junho de 2022


As tendências de transformação digital já estavam em curso antes da pandemia. No entanto as empresas precisaram responder de forma imediata e entrar de vez na nova realidade.

A rápida integração de novas tecnologias durante a pandemia, o trabalho remoto e a necessidade de ampliar o armazenamento e a proteção de dados são alguns dos fatores que contribuíram para direcionar o foco dos líderes empresariais para a segurança cibernética.
 
Para compreender o cenário de transformações, o estudo Empresas de tecnologia demandam segurança cibernética para crescer e ganhar confiança, produzido pela KPMG, reuniu opiniões de CEOs e executivos de tecnologia sobre o tema a partir de outros dois estudos: KPMG Technology Industry Survey 2021 e KPMG CEO Outlook 2021.

Considerando o risco cibernético como principal ameaça ao crescimento empresarial, 87% dos participantes da pesquisa afirmaram que desenvolver uma cultura de segurança é tão importante quanto construir controles tecnológicos.

Destaca-se como prioridade operacional a resiliência cibernética com ênfase nas habilidades e na cultura cibernética, além dos investimentos em habilidades e novas soluções para desenvolver essa resiliência.

Confira todos os insights do estudo clicando aqui.

()