Você não tem permissão para ver essa notícia

Prevenindo ataques em redes OT

Estudo da KPMG aponta como fortalecer a estratégia de segurança em redes de Operational Technology (OT).

16 de março de 2022


Com o aumento da integração com a TI e a gradativa adoção de novas tecnologias por parte das organizações, as ameaças às redes de Operational Technology (OT) tendem a aumentar em intensidade e complexidade. Nesse sentido, aprimorar as estratégias de governança e resposta cibernética será crucial para mitigar riscos e navegar, com resiliência, no futuro digital.

Esses e outros insights podem ser encontrados no relatório Protegendo as redes de Operational Technology (OT), desenvolvido pela KPMG, que pretende apoiar as organizações na implementação de uma arquitetura zero trust e no gerenciamento de riscos da cadeia de suprimentos de modo a prevenir ataques cibernéticos.

Num momento em que líderes de negócio identificam o risco de segurança cibernética como a maior ameaça ao crescimento de suas organizações, é crucial entender a natureza e as rotas de ataque aos sistemas de operação para construir defesas robustas. Nesse sentido, o relatório da KPMG oferece insights valiosos. Para conferi-lo, clique aqui!
 

()